domingo, 4 de novembro de 2007

Town or Country


Sei que este post vai deixar muita gente preocupada, mas a verdade é que, volta e meia, dou por mim a ponderar mudar-me para... o campo! Sim, para o C-A-M-P-O! Quem me conhece sabe que sou o mais urbana possível e que adoro viver a mil à hora - por isso é que ainda hoje não percebo a estranha atracção que uma vida mais pacata exerce sobre a minha pessoa.

Racionalmente falando, acho que não ia aguentar mais que uma semana, após o que voltaria para a cidade a correr; do ponto de vista emocional... já não tenho tanta certeza.

Vem isto a propósito do último fim-de-semana, passado ali para os lados de Montargil. Abrir a janela de manhã e deparar-me com a vista da fotografia fez-me pensar na vida - e em como seria bom presenciar este cenário todos os dias. E ter um imenso céu estrelado para contemplar todas as noites. E ver os meus filhos crescerem (mais) livres. E ter uma maior qualidade de vida por menos dinheiro. E...

...vou ali meter-me no meio de um engarrafamento que isto já passa.

3 comentários:

docinho disse...

Falaste de um tema interessante... eu SOU URBANA... não me dou com a bicharada, a terra... aquele vento matinal que corta... mas nestes fds assim... balanço sempre...
As horas passam devagar... a mente tranquiliza... até a cúmplicidade ganha espaço ; )
Sei que provavelmente me fartava... mas tenho a certeza que vivia até aos 100 anos!
Aqui... duvido!

Beijos stressados

rosachok disse...

Pois... isso preocupa-me...
Antes vivia com uma vista assim... ouvia os grilos e via o céu estrelado... e assim foi por mais de 20 anos... e sempre fui urbana... fazia toda a minha vida em Lisboa e não demorava mais que 15 - 20 minutos a deslocar-me!
Hoje... tenho a janela virada para uma das principais artérias de Lisboa... humpf* Vale-me a vista desafogada (se olhar para cima!)
Muitas vezes sinto falta do escura... mesmo com a janela aberta... de não ter luzes de carros que trespassam o meu sono... de não ouvir o comboio... de ouvir o mar!!!
Agora... tenho dias que espero 30 minutos para estacionar o carro!
Agora puseste-me a pensar... hummm... quero poder ir para a praia a pé... olhar pela janela e ver verde... verde... verde...
Vou ali desalojar os meus pais e já volto!

Beijos semi urbanos ;)

pm disse...

Gostando da cidade por ter crescido cá e do campo por ter familia lá, só me vem à ideia a letra de uma música de António Variações...

"Esta insatisfação
Não consigo compreender
Semtre esta sensação
Que estou a perder
Tenho pressa de sair
Quero sentir ao chegar
Vontade de partir
P'ra outro lugar

Vou continuar a procurar o meu mundo, o meu lugar
Porque até aqui eu só

Estou bem
Aonde não estou
Porque eu só estou bem
Aonde eu não vou
Porque eu só estou bem
Aonde não estou
Porque eu só estou bem
Aonde eu não vou
Porque eu só estou bem
Aonde não estou"