terça-feira, 11 de setembro de 2007

My Name is Woman, Superwoman

Peço imensa desculpa pela falta de modéstia, mas hoje cheguei à conclusão de que sou uma Super-Mulher. Eu e praticamente todas as working moms, que isto dos super-heróis, ao contrário do que se pensa, não é só nos filmes.

Sim, porque ao passo que a Super-Mulher "oficial" se limitava a salvar uns quantos desgraçados das garras de um ou outro bandido de mascarilha, já eu pareço um polvo deficiente, cuja vida exigia oito tentáculos fortes e musculados, mas a quem já só restam dois, seriamente afectados pelo reumático.

Mesmo assim, como ainda não fui internada em nenhuma instituição, o meu marido ainda não pediu o divórcio, a protecção de menores ainda não veio buscar os meus filhos e ainda não fui despedida, é porque se calhar não me saio muito mal.

É por este motivo que venho reivindicar o meu estatuto de super-heroína. Não me façam é pôr uma capa, porque não só posso tropeçar nela, como é mais uma coisa para lavar... e eu cá não tenho tempo para esses luxos!

3 comentários:

rosachok disse...

Posso assinar a petição e pedir esse estatuto para mim também?!

Ups... fui!
Afinal preciso do tentáculo para outras tarefas ;)... volto quando estiver disponível :D

Beijos super-mulher

docinho disse...

Ó pra mim a voar de capa cor-de-rosa ; )))
weeeeeeeeeeeeee...

Beijos nossos : D

docinho disse...

Obrigada pela força!

Beijos confiantes

PS depois cnto-te tudo ;)