quinta-feira, 13 de setembro de 2007

A Minha Auto-Biografia

Recentemente, descobri que existe um livro sobre a minha pessoa. A autora chama-se Polly Williams e vê-se mesmo que é uma senhora com visão, ao perceber que a minha vida não só dava uma série, como também um livro. Ora vejam:

"Ainda bem que (...) deixei de me preocupar se os homens olhavam para mim, porque agora não olham, nem sequer uma segunda vez para se certificarem. Posso serpentear entre multidões sem despertar a mais ínfima reacção sexual. Como uma mulher de sessenta anos, talvez, ou envergando uma burka. É claro que não há qualquer razão para alguém olhar. Já não sou uma resplandecente Pessoa Grávida. Nem sou feia ao ponto de atracção de feira, ou comicamente obesa, e não sou de forma alguma muito bela ou deslumbrante. (...) Depois de anos a estourar o salário em cabeleireiros e salões de beleza, o meu orçamento mensal para cuidados pessoais - na sua maioria, produtos para cabelo fraco e discos de amamentação - equivale a pouco mais do que o preço de um verniz Chanel para as unhas. (...) Estou irreversivelmente mudada. E visto-me de acordo com isso."

Como vêem, ela só pode estar a falar de mim. Por isso, agradecia a quem tivesse o contacto da Sra. Williams que mo enviasse, que isto não é só inspirar-se na minha vida e não pagar direitos de autor, que o dinheiro dava-me um jeitão para comprar umas calças de fato de treino novas...

6 comentários:

docinho disse...

Remataste bem... CALÇAS de fato de treino... nooooooooooooo please!!!
Muito mau...

E deixa-te lá de coisas... eu sei que jamais serás assim... nós somos mulheres DIGNAS desse nome e isso implica NUNCA descurar!!! Nem mm enfiada em casa de mamoca de fora!!!

OK?

Beijos arranjadinhos

PS palavras certas... as que me deixas! ; )

rosachok disse...

Há uns meses atrás... num almoço... ouvia dizer... se me virem despenteada e de fato de treino... ou pior (de pijama)!... mandem-me internar!!!! ;)))

Chegou a hora de fazer o tal telefonema?!

Beijos a recordar... e a rir muito***

Mary disse...

Calma...! Ainda não cheguei ao ponto de sair de calças de fato de treino para a rua! Mas confesso que corro para elas mal chego a casa :-)

Vespinha disse...

És de facto uma EXAGERADA!

PS: Sim, já te vi de calças de fato de treino...

PM disse...

A minha opinião é que agora há mais factores de distracção (dois para ser mais preciso), que te levam a não reparares nos olhares e a não ouvir os piropos.
Para mim continuas a ser de "parar o trânsito" todos, todos, todos, mas mesmo todos os dias;
com (ou sem) calças de fato de treino ;-)

docinho disse...

Para o teu pm:
só tu mesmo para um comment destes... mas olha que é cá uma declaração!!!!
Lindo!!!!!

Beijos a bater palmas!!!! em som bem alto ok?
hi hi hi