segunda-feira, 5 de maio de 2014

Rock bottom


As mães perfeitas (mais conhecidas como momsters) organizam as suas agendas em perfeita sintonia com as agendas dos filhos. Tomam nota de cada aula, cada actividade, cada festa de aniversário e, numa ginástica acrobática refinada, fazem com que tudo encaixe, chegando impecáveis e a horas a todos os compromissos sociais da família.

Já as outras, chegam atrasadas a todo o lado, desgrenhadas e com umas olheiras até ao chão, perdem metade dos convites para as festas, escrevem listas de compras na outra metade, compram presentes enquanto engolem duas colheres de sopa do dia e baralham os horários todos - até que um dia "lêem" que uma festa de aniversário é das 15:00 às 18:00 quando, na realidade, é(ra) das 11:30 às 14:30 (tudo a ver). E se apresentam com a respectiva cria meia hora depois de a festa ter acabado. Para depois ela lhe pedir para passarem numa farmácia para comprar... Memofante.

Eu incluo-me, óbvia e vergonhosamente, no segundo grupo. Sendo que Sábado foi o dia em que atingi o fundo do poço da maternidade.

3 comentários:

Ana Raquel disse...

Incluo-me na segundo grupo..

Mas no outro dia cheguei cedo a uma consulta....24 h antes:

http://margaridaflordaminhavida.blogspot.pt/2014/04/nao-me-atrasei-mas-nao-cheguei-horas.html

L. das horas disse...

Conta lá o que te aconteceu...

Mary disse...

Fiz exactamente o que descrevi no parágrafo anterior, L. das Horas: levei a minha filha a uma festa depois de a dita ter acabado (shame on me)!