segunda-feira, 12 de maio de 2014

Menos, Miley. MUITO menos!


Quem me conhece sabe que não sou uma pessoa particularmente púdica. E que até achei a transição da personagem Hannah Montana para a personagem Miley Cyrus um golpe de marketing absolutamente genial. Mas como em tudo na vida, há que saber parar na altura certa. Coisa que, conforme poderão aferir aqui, a Miley Cyrus (claramente) não soube fazer.

4 comentários:

ML disse...

Nem mais. Muito muito menos! Esta miúda precisa de dois puxões de orelhas.

Nadinha de Importante disse...

Muito menos, a entrar por um caminho muito complicado!!

Jo disse...

Nem tenho palavras... Só me ocorre uma coisa: o pai continua a ser o agente dela?

Mary disse...

Acho que sim, Jo... acho que o Pai continua a ser o agente.