quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Portugal no seu pior


Relativamente ao assunto (fútil) do dia - a notícia de que a cantora Dora trabalha no McDonald's - só tenho duas coisas a dizer:

1. Nem sequer percebo por que motivo isto é notícia. Se ela andasse a roubar, aí sim, era estranho.

2. Se os portugueses fossem todos como a Dora (ou seja, se fossem mais humildes e trabalhadores e não lhes caíssem os parentes na lama por tudo e mais alguma coisa), garanto-vos que o País não estava no estado em que está.

12 comentários:

Jo disse...

Ainda não me tinha deparado com tal notícia, mas estou plenamente de acordo contigo!

Maria Caxuxa disse...

Totalmente de acordo!

Dani disse...

Ora nem mais. Se a senhora precisa de trabalhar e ganhar a vida e foi a única solução, é triste pois não é a área dela. Mas é assim mesmo, por mãos a obra e trabalhar, sempre é melhor que roubar não fazer nenhum ou que fazer de arrumador de carros e pedir moedas como se isso sim fosse maneira de ganhar a vida.

cacaucaramelo.blogspot.pt

Cacau disse...

Mai nada! E não deixa de ser engraçado porque os tugas na sua terra não aceitam este tipo de trabalho, mas quando emigram já não se importam de lavar escadas...

A.João disse...

Mesmo com a alteração de hábitos dos portugueses devido à crise e as dificuldades pelo que a maioria passa, a mentalidade mantêm-se. Não há volta a dar-lhe.

macaca grava-por-cima disse...

tal e qual!!!

Teresa Jorge disse...

Faço minhas as tuas palavras ,não entendo como pode ser isto notícia!!!

Alexandra de Amorim disse...

É notícia porque as pessoas gostam de saber o que é feito das (ex)celebridades. E no fundo acaba por ser representativo do que se passa com tantos portugueses.
(soube da notícia mas não a li, portanto não sei em que sentido foi abordada)

The gLiTtEr Side

Juanna disse...

Também acho. E não creio que todos os desempregados deste país estejam sem emprego por preguiça mas creio que muitos sim, porque trabalhar no Mac é foleiro.

Vera disse...

Muito bem visto. Concordo.

Sara Rocha disse...

Concordo...

Na Província disse...

Penso o mesmo, ou se fosse para asa televisões chorar, tipo Cadete.
Uma salva de palmas para a Dora!