segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Lembram-se do João?

Já tinha falado dele aqui e hoje volto ao assunto para pedir novamente a vossa ajuda. Só para relembrar, o João sofreu uma asfixia grave durante o parto, tendo nascido em estado de morte aparente. A equipa médica passou meia-hora a reanimá-lo e ele sobreviveu, mas com imensas sequelas. O João sofre de paralisia cerebral grave, da  pior forma de epilepsia que existe (Síndrome de West), não vê, não interage, alimenta-se através de um tubo gástrico e tem uma escoliose muito acentuada. Nasceu com um índice de Apgar de 1 e sofre de uma incapacidade de 100%.

Tudo isto por causa de um parto absolutamente selvático e de uma equipa médica que, duas horas mais tarde, naquela mesma noite, ainda conseguiu dar cabo de mais uma família. Poderão saber mais sobre esta história terrível na entrevista que a Mãe do João deu recentemente às Selecções do Reader's Digest, intitulada "Mãe Coragem". Porque a Célia é mesmo uma Mãe com "M" grande - e não desiste de fazer tudo ao seu alcance para melhorar a qualidade de vida do João.

Por esta altura, a Célia já tomou consciência de que não vai ter o João consigo para sempre. Aliás, os médicos passam a vida a dizer-lhe que devia desistir dele - mas que tipo de Mãe consegue desistir de um filho?! Por isso, está apostada em aliviar-lhe o sofrimento causado pelas convulsões e pelos espasmos violentíssimos que marcam o seu dia-a-dia. E quer muito levá-lo ao Children's Hospital de Londres, de onde vem a promessa de uma qualidade de vida significativamente melhor..

O problema é que, para isso, a Célia precisa de juntar €10.000 com urgência.  E é aqui que nós entramos: divulgando este post e/ou - melhor ainda -  ajudando com o que pudermos, por pouco que seja. O NIB da Célia Grazina é o 003521790001400503008 (Caixa Geral de Depósitos) e se precisarem de algum esclarecimento adicional, podem sempre falar com a médica que acompanha o João (Dra. Eulália Calado, 213126944) ou então com a própria Célia (933723307)

Muito obrigada a todos. Juntos conseguiremos levar o João a Londres! 

Sem comentários: