quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Dos meus almoços em família


Ao passo que a maioria dos consortes foge aos almoços & jantares em casa dos sogros como o diabo da cruz, PM persegue estas oportunidades como se de ouro se tratasse. E por que carga de água faz ele isso?, perguntam vocês intrigados. Porque comer em casa dos meus Pais é assim como comer no buffet de um restaurante, respondo eu.

A oferta é sempre mais que muita - até porque estamos sempre magrinhos e as crianças a crescer - e eles pura e simplesmente não conseguem conceber uma refeição que não seja composta por entrada, sopa, prato principal, fruta, sobremesa e bolachinhas para o café.

Agora imaginem este conceito aplicado a um almoço a meio de um dia de trabalho. Pior, a muitos almoços a meio de muitos dia de trabalho. 

Pois é, ultimamente tenho passado muuuuuitas tardes assim. E a dieta?, perguntam vocês novamente? Pois.

4 comentários:

De copos cheios e corações abertos disse...

Rule#1.
Almoços com a família não contam para o registo calórico. :)
Afinal também temos de alimentar o coração !
Love.

Floripes Antunes disse...

Tens o melhor que alguém pode ter: alimentas-te opiparamente o corpo e o coração!
Diz lá se não tens umas tardes muito mais felizes desde que passaste a almoçar com os teus Pais?
Enjoy!!!!

Chuva de Prata disse...

Nada paga esses momentos, deixa lá a dieta :) ehehehe

lucia disse...

Ahah, o meu marido também adora!!
E quanto à dieta, é caso para dizer: dietas há muitas e esses momentos são de ouro e para aproveitar! E além disso, TU NÃO PRECISAS DE DIETA PARA NADA!!!!!!
Beijinhos