quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Parabéns, E.T.!


Hoje ia-me caindo tudo quando descobri que o E.T. faz 30 anos! Ainda me lembro como se fosse hoje: o meu Pai anunciou-me que íamos ao cinema e eu perguntei logo se o filme era com "bonecos" (desenhos animados). Quando me disse que não - e que também não era com o Louis de Funès, a única figura de carne e osso que eu tolerava - fiquei pior que estragada, mas lá me deixei arrastar até ao cinema Mundial. De onde saí completa e absolutamente maravilhada.

A partir daí, já não me lembro de quantas vezes obriguei o meu Pai a rever o filme, mas sei que foram muitas. A nossa sorte é que tínhamos bilhetes de cinema à borla, caso contrário teríamos ido à falência. Lembro-me de ter tido todo o merchandising possível e imaginário relacionado com o filme, incluindo um boneco que acendia a ponta do dedo e que até hoje não me perdoo por ter deitado fora. Cheguei a ter uma festa de aniversário subordinada ao tema e tudo (patrocinada por uma amiga de família que era hospedeira e que trazia coisas dos Estados Unidos que de outra forma nunca chegariam cá), na qual desejei que eu própria fosse abençoada com a visão de um extraterrestre enfiado dentro do armário do meu quarto. 

Quando olho para trás, acho que este filme foi o grande responsável pelo facto de me ter transformado numa croma do pior - lembro que adoro ficção científica e que já tive um informático quase a cair-me aos pés quando soube da minha enorme paixão pela Galáctica -, para além de ter marcado o início da minha história de amor com o Steven Spielberg, realizador que adoro de paixão.

E pronto, declaro terminado este momento Caderneta de Cromos e vou ali fingir que sou uma pessoa normal e que não estou morta pelo regresso da terceira temporada de Falling Skies.

4 comentários:

Miúda disse...

Também me lembro do filme... nao de quando ele saiu, mas vi depois :)

pitwentyseven disse...

Eu sei que parece mentira, mas eu nunca vi esse filme. Gostam de o passar no Natal, altura em que eu estou demasiado ocupada com os doces e as prendas... é uma falha, eu sei. :(

Mónica disse...

GEEK
Mas o filme é lindo

Atlântida disse...

E.T. ... Be good...
Acho que, depois do Papuça e Dentuça, foi o meu segundo filme no cinema. Versão original. E eu devia ter 6 anos quando o filme cá chegou (agora conto 17,5 em cada perna).
Falling skies allert! Ahah
Já agora, não vês o V? E Fringe?! Imperdoável! Para mim, melhor que Falling Skies.