domingo, 14 de outubro de 2012

Medo da Moda


Durante muitos anos fui presença assídua na Moda Lisboa. Não passava a vida lá caída, até porque graças a Deus tinha mais o que fazer, mas gostava sempre de assistir a dois ou três desfiles dos meus estilistas preferidos. Já nessa altura as pessoas iam mais para verem e serem vistas do que propriamente para verem as modas, mas enfim... ainda achava alguma graça à coisa. Como poderei esquecer, por exemplo, o desfile em que os cães do falecido João Chaves ("sentados" na primeira fila e escoltados por um segurança cada um) invadiram a passerelle atrás de duas modelos cobertas de peles?!

Hoje em dia, passa-se exactamente o oposto. Quanto mais vejo os cromos da bola que por lá andam, os modelitos de poliéster que exibem (diz que o look da saison inclui invariavelmente camisolas com caras de bichos e as aberrações estilo Isabel Marant da praxe), as poses e as boquinhas que por lá fazem e os comentários que vomitam a cada cinco minutos para os respectivos blogues/páginas de Facebook/Instagrams da vida, mais penso que não voltava a ir nem que me pagassem.

Bendita internet, que me permite ver aquilo que realmente interessa a partir do meu sofá, sem passar pela casa partida - que é como quem diz pelo freak show.

(já a Patsy e a Eddie, rezo a todos os santinhos para que lá andem!)

11 comentários:

Imperatriz Sissi disse...

Adorei o texto. Pessoalmente, não consigo achar grande graça às propostas da maioria dos designers nacionais, acho que muitos ficaram presos nos anos 90. Mas independentemente disso, a pseudo fashion-scene com complexos de província enerva-me, logo...sigo a minha regra habitual, só assistir a desfiles que sejam de gente amiga.

Afrodite disse...

Nunca fui muito interessada por moda. Aliás, sei o nome de 2 ou 3 estilistas, só conheço aquelas marcas mais comerciais... De resto nada sei...
Bom domingo*

N. disse...

Bom dia bom dia. Em pulgas pelo feedback da dupla de criticas da moda mais badalada da blogosfera. Adoro a análise visceral e sarcástica da Patssy e da Eddie. Quanto à scene da Moda Lisboa, tal como qualquer outro lugar minimamente em voga neste país, está minado de celebridades pop up e de gente que quer aparecer a todo o custo seja porque são autodenominadas fashionistas, porque têm um blogue xpto ou só porque são tolinhas mesmo. Enfim, sãos os sinais do tempo. Bom domingo

Marta Martins ♥ disse...

Gosto do teu blog, estou a seguir!

Limited Edition disse...

Tenho um post agendado para amanha a tarde cujas conclusões nao diferem muito das tuas... por isso nao podia como nao concordar. Especialmente no que ao poliester diz respeito e representa :p
Bom fim de semana!

sushi disse...

Também adorei o texto! Acho que muito do que dizes faz todo o sentido....mas hoje em dia as pessoas vivem muito para o show-off, é mesmo assim. Esquecem-se do que é realmente importante....
Beijinhos e good sunday;)
Ah, o blog bimbawithoutthelola leva-me às lágrimas!!!LOL

Mamã de Peep-Toe disse...

Adorei ler isto.Pensei exactamente o mesmo e muito mais....aquilo tem quase tudo um ar muito estranho.Sempre as mesmas poses,o mesmo ar....enfim....e depois a má qualidade e mau gosto de algumas coisas que por ali passam...Jasús...nem que me pagassem andava com certas coisa vestidas....

Mamã de Peep-Toe disse...

Adorei ler isto.Pensei exactamente o mesmo e muito mais....aquilo tem quase tudo um ar muito estranho.Sempre as mesmas poses,o mesmo ar....enfim....e depois a má qualidade e mau gosto de algumas coisas que por ali passam...Jasús...nem que me pagassem andava com certas coisa vestidas....

Mary disse...

Comentário de uma amiga que teve que ir à Moda Lisboa por motivos profissionais: "Aquilo cheirava tudo a plástico"!

Mia Relógio disse...

Eu estive lá todos os dias e realmente vi coisas assustadoras ;) beijinho

Mia Relógio disse...

Eu estive lá todos os dias e realmente vi coisas assustadoras ;) beijinho