quarta-feira, 8 de agosto de 2012

É igualmente extraordinária...

...a necessidade de calor humano de alguns (muitos) veraneantes. Já todos fomos brindados com famílias-pipoca que, com um extenso areal disponível, se resolvem plantar mesmo ao nosso lado. Mas chegarem ao ponto de colocarem uma toalha sobre a minha cadeira, juro que hoje foi a primeira vez. Ele há coisas verdadeiramente incompreensíveis.

9 comentários:

Liliana Fernandes disse...

Essa é umas das situações que verdadeiramente me irrita!!...E quando resolvem sacudir a toalha para o lado em que nos encontramos rsrsrs

Bilocas disse...

A liberdade dos outros começa quando a nossa acaba!!!!
Infelizmente á disto a toda a hora :((
E ma praia não há excepção!!

lucia disse...

A sério?! Na praia por vezes assiste-se a episódios únicos...

Micas disse...

Grande lata, comigo eram corridos a mil à hora. Chiça...

http://acordamicas.blogspot.pt
Beijinho

Floripes Antunes disse...

Mais pequena que essa Praia acho que só mesmo a das Berlengas. Aí até levas com a "sande" do vizinho nas ventas!

Pecola disse...

Ora aqui está mais uma que se irrita com isso! Depois ainda são capazes de dizer que fomos "nós" que lhes invadimos o espaço. Tenho uma amiga que sempre que lhe fazem isso começa a tossir que nem uma doida até as pessoas se sentirem incomodadas.. Não sendo certo, é como ela diz "se tivessem raciocínio suficiente para eu poder dialogar com eles, também não tinham posto a toalha em cima de mim" :P

Maria Lopes disse...

Isso a mim nunca me aconteceu mas penso que há sempre uma primeira vez para tudo, pelo que ainda vou a tempo de me acontecer o mesmo. :-) Continuação de boas férias.

Singular morena. disse...

eheheh gostei do 'familias-pipoca', mas o que são realmente??
Boa férias e muuuuita diversão.

O Sexo e a Idade disse...

É uma coisa extraordinária; nunca percebi o raio dessa mania!
Tanta praia ainda livre e têm de vir sentar-se praticamente ao colo d euma pessoa!
Irra!