quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

Neura

Porque estou com uma neura enorme, que não sei explicar nem ninguém tem obrigação de aturar... vou fazer a única coisa que me apetece: ouvir Damien Rice.

9 comentários:

Floripes Antunes disse...

Xiiii Mary, isso é que é neura! Não oiça Damien que ainda a vai deixar mais triste. Oiça antes o Tony Carreira, se estiver numa de clima romântico, ou então Toy, se quiser arribar um pouco.
Vá Lá, venha visitar-nos a Freamunde,recebemo-la de braços abertos com mesa farta e muita alegria.

monikyta disse...

ui..se te fizer melhor, então põe isso no repeat até à exaustão! :)

as melhroas

bj meu

Docinho disse...

Há dias assim... neuróticos!
Mas passam... passam, passam!!!

: )

Beijos embalados
(também gosto muito...)

Vespinha disse...

E eu que julgava que ontem tinha sido uma mártir por ter estado mais de uma hora de boca aberta a tirar mais um dente... Não há nada pior do que uma grande neura.

rosachok disse...

também oiço disso...muito música mais escutada no iPod ;)
Normalmente nos dias de neura deito-me no escuro a ouvir isso e deixo-me embalar ;)

Beijos a soprar a neura para longe

ALEXIA disse...

Já passou????? podemos entrar?????

aiiiii xo neura larga a moça se faz favor.....

beijos a ouvir o moço....e olha lá que tal uma serie para animar

Cookie disse...

Pois... compreendo agora o teu comentário (ou melhor, não comentário), no meu blog.
Espero que já estejas melhor... No meu caso, e porque a tempestade tinha as suas razões, digamos que ainda estou a ajustar ideias...
Há certas coisas nas quais o tempo é mesmo o melhor remédio!

Eu gosto muito de Damien Rice... mas concordo com Floripes. Será uma boa companhia para "aqueles dias"???

Beijos já mais animados
M.

Cookie disse...

Olá! Só para dizer que hoje vim cá dar uma espreitadela e me arrepiei, quando ouvi o Blowers Daughter do Damien Rice. Apesar das minhas dúvidas sobre se será boa companhia para dias de neura, esta música sempre mexeu muito comigo, e foi companhia em momentos muito especiais...
Obrigada pela agradável surpresa!
M.

rosachok disse...

ainda nã passou a neura?! Hummm!
Aposto que os os raios de sol que brilharam iluminaram o teu sorriso... assim espero ;)

Beijos interrogativos