terça-feira, 18 de dezembro de 2007

Hibernação

Com o passar dos anos, descobri que tenho uma relação de amor-ódio com o Natal. Por um lado, adoro a época (aliás, não há como não gostar), mas por outro... tenho vindo a desenvolver uma alergia crescente a uma série dos seus sintomas, como as compras por atacado. E as lojas apinhadas de gente. E os jantares pseudo-festivos recheados de colegas com bandoletes de rena. E os amigos secretos em que só se recebe molduras e velas. E os milhões de pais Natal a subirem por tudo quanto é varanda.

Por isso, resolvi hibernar como os ursos e só voltar no dia 25. Agradeço a quem de direito que me acorde bem cedo, para ainda ir a tempo de abrir os meus presentes. Porque há tradições que, apesar de tudo, têm de ser mantidas. A bem do espírito natalício, é claro.

3 comentários:

sininho disse...

não podia concordar mais contigo. ainda tens lugar na gruta?

Mary disse...

Sininho, eu até te dizia se tenho lugar na gruta, se não estivesse PARADA NO TRÂNSITO a caminho de lá!

CTU AGENT disse...

UPSSSS! pois Mary calhou ser a minha secreta do CTU e, de facto vou dar-lhe uma moldura... E agora, o que é que faço? Olha, azar para a Mary, pois vai ser mesmo uma moldura